A obesidade dentro da Constelação Sistêmica Familiar. Por LUCY BARBOSA

Já tive a oportunidade de realizar Constelação Familiar Sistêmica com um grupo muito lindo que envolvia nutricionista e pacientes que queriam encontrar um meio de emagrecer e eliminar os quilos indesejados.

Trabalhei sobre a obesidade e o vazio que os pacientes sentem pela falta de “tomar” os pais, ou seja, reconhecer que a vida vem através deles e aceitá-los com tudo que eles podem oferecer.

Muitas pessoas tentam suprir as carências afetivas com a alimentação. Muitos me perguntam como realizo este trabalho e tenho o maior prazer em dividir com vocês. Na visão sistêmica a alimentação tem a ver com o primeiro contato, ou seja, a primeira pessoa que nos deu a vida.

Dentro da visão sistêmica o que podemos constatar? O que se esconde atrás do excesso de alimentação? Já parou para pensar que não é a comida que vai preencher o vazio? Qual o vazio que necessita preencher?

Na verdade, as pessoas que estão nestas condições tentam se proteger de um buraco interno. E é nas Constelações Sistêmicas que é possível olhar para este vazio…. Preencher todo este vazio.

O segredo é reconhecer quem veio antes de nós. A nossa geração anterior. Vamos tomar nossos pais. Precisamos disso.

Se  quiser saber mais sobre este assunto, pode perguntar.

Até a próxima!

Compartilhe!