Plano SP: Entenda como ficam as regras após atualização

Abaixo você vê os principais pontos atualizados pelo governador João Doria; Saiba como fica a situação de Ribeirão Preto

O governo paulista atualizou o Plano São Paulo nesta quarta-feira, 20 de maio, criando regras que vão até o dia 15 de junho. Abaixo você vê os principais pontos atualizados pelo governador João Doria (PSDB).

Como fica a situação atual?

A fase de transição do Plano São Paulo, com as regras em vigor, foi estendida até do dia 1º de junho. No início da noite da quarta, a Prefeitura de Ribeirão Preto divulgou nota dizendo que vai manter a cidade dentro destas regras. A única diferença, é que em Ribeirão os restaurantes podem atender até às 22h (o Plano SP prevê até às 21h).

O que acontece a partir do dia 1º de junho?

A partir de 1° de junho, ocorrem flexibilizações. Todos os estabelecimentos – comércio e serviços -, passam a ter uma hora a mais para funcionar, precisando fechar às 22 horas. Também ocorre um aumento do limite de capacidade, de 40% para 60%.

Quando é a próxima atualização do Plano SP?

De acordo com o divulgado nesta quarta, a fase do Plano SP que começa no dia 1º de junho (ainda não tem nome) vai até o dia 15 de junho. Assim, a próxima reclassificação deve ser divulgada no dia 11 de junho (sexta) ou no dia 14 de junho (segunda).

Pode ter lockdown em Ribeirão ou em qualquer cidade paulista?

Segundo o Governo de São Paulo, a partir de agora cabe aos municípios a realização de quarentenas mais rígidas. A partir de 1º, o Estado vai apoiar os municípios para o aumento da testagem de casos do novo coronavírus. Em caso de aumento de resultados positivos, vai caber ao município adotar medidas mais restritivas – lockdown ou uma fase vermelha municipal, quando apenas serviços essenciais podem funcionar. No caso de Ribeirão Preto, no momento, o prefeito Duarte Nogueira (PSDB) informou que vai seguir com as regras da fase de transição.

Fonte: Acidade On

Compartilhe!