Lançamento da 21ª Feira Internacional do Livro apresentou agenda e destaques do evento

A Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto (FIL) volta a encontrar e a interagir com o público presencial, e a Fundação do Livro e Leitura de Ribeirão Preto, organizadora do evento junto a vários parceiros, apresentou nesta quarta-feira (27), a programação que vai movimentar a cidade entre os dias 20 e 28 de agosto. Em solenidade realizada no auditório do Sesc, Adriana Silva, curadora da FIL e vice-presidente da Fundação, detalhou a agenda que traz, como principal destaque, a literatura brasileira no protagonismo e referência de todas as atividades.

A proposta da FIL 2022, condensada no tema central “Do Caburaí ao Chuí: a força da literatura brasileira”, será vivenciada em mais de 200 atividades gratuitas – para públicos de todas as idades -, que reúnem salões de ideias, conferências, palestras, mesas-redondas, oficinas, exposições, shows musicais, espetáculos teatrais adulto e infantil, intervenções culturais, workshops e contações de histórias. A feira terá formato híbrido, com transmissões on-line e eventos em espaços como Praça XV de Novembro, Theatro Pedro II, Centro Cultural Palace, Biblioteca Sinhá Junqueira, A Fábrica – Instituto SEB, Sesc Ribeirão, teatros Municipal, Marista e SESI e Ribeirão Shopping.

Na tradicional lista de homenageados, a Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto reverência, em 2022, os escritores Ariano Suassuna, Carolina Maria de Jesus, Daniel Munduruku (autor Infantojuvenil), Magda Soares (autora Educação) e João Augusto (autor local); o empresário José Isaac Peres (patrono) e a professora Isabel Cassanta. “Colocar a literatura brasileira e a celebração da nossa língua nacional como destaque de toda a agenda da feira é muito significativo para a história deste evento que, desde sua concepção, é focado no incentivo à descoberta da magia dos livros e do prazer da leitura, e no estímulo à formação de novas gerações de leitores”, destaca a curadora Adriana Silva.

Anfitrião da manhã desta quarta-feira, o gerente do Sesc Ribeirão Preto, Mauro Jensen, destacou a importância das parcerias para a realização de eventos como a FIL: “Sozinhos não fazemos nada, então nada melhor do que juntar forças. Sabemos da importância do Sesc para o desenvolvimento do município, por meio da criatividade, da cultura e da educação; e reconhecemos a Feira do Livro como um símbolo desta ação conjunta de transformação das pessoas por meio da cultura.”

A lista de alguns nomes que estarão presentes na FIL 2022 inclui Zezé Motta, Eliane Brum (on-line), Tom Zé, Antônio Nóbrega, Arnaldo Antunes, Veronica Stigger, Luisa Geisler (on-line), Fernando Calderon (on-line), Renan Inquérito, Rodrigo Trespach, Elisa Lucinda, Xico Sá, Milton Hatoum (on-line), Mary Del Priore, Ignácio de Loyola Brandão, Preto Zezé, Celso Athayde, Mia Couto (on-line), Aline Bei, Viviane Mosé, Cafu, Vera Eunice (filha de Carolina Maria de Jesus), Tom Farias, José Pacheco, Karina Buhr, Débora Duboc, além dos participantes dos projetos Combinando Palavras e Recortando Palavras: Cristiane Sobral, Ryane Leão, Olívio Jekupé, Eliana Alves Cruz, Ferrez, Luiz Puntel, Eduardo Spohr, Luiza Romão, Daniel Munduruku e Mel Duarte.

Plural, diversa e acessível

Entregar uma festa literária que seja, de fato, para todos os públicos, continua sendo o foco da Fundação do Livro e Leitura na realização da FIL. Para esta 21ª edição, a organização ampliou o Espaço Diversidade, tanto em número de entidades assistenciais parceiras como em atividades que terão participação direta de pessoas com deficiência em diversas agendas. Outra novidade é a parceria com a Central Única das Favelas (CUFA-RP), que leva para a FIL uma importante programação de convite a novos olhares e compreensões a respeito da população moradora nas favelas.

10 dias de programação

A FIL oferece sessões de contação de histórias, mediação de leitura, palestras, oficinas, rodas de conversa, lançamentos de livros, atividades de sustentabilidade ambiental, expressões musicais e de dança com linguagens heterogêneas e encontro de estudantes com autores selecionados no projeto Combinando Palavras – com sessões inéditas em Jardinópolis, Serrana e Franca.

Ampliando fronteiras

Outro destaque da Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto 2022 é a estreia do formato híbrido de realização. Paralelamente à retomada das atividades presenciais, suspensas por dois anos por conta da pandemia do Coronavírus, o festival literário terá transmissões ao vivo em canal do YouTube e da plataforma oficial da Fundação do Livro e Leitura (www.fundacaodolivroeleiturarp.com). “Isso amplia o alcance e a participação de públicos de todo o Brasil e do exterior, o que também é uma celebração importante”, pontua Viviane Mendonça, superintendente da Fundação. A FIL também será acessível com interpretação em Libras.

Considerada a segunda maior feira do livro a céu aberto do Brasil e uma das maiores da América Latina, a Feira Internacional do Livro de Ribeirão Preto terá cerimonial de abertura no dia 19 de agosto, às 19h30, no palco principal do Theatro Pedro II (rua Álvares Cabral, 370), com apresentação do Coral da Unaerp e do espetáculo cênico-musical “Terra Brasílis: toda esta poesia!”, pela Academia Livre de Música e Artes (Alma).

Compartilhe!