Chuva e calor deve predominar em dezembro

Dezembro marca o início do verão meteorológico, que compreende o período que vai até o fim de fevereiro. O solstício de verão, que é o início do verão no calendário, ocorre no dia 22 de dezembro, às 00h27, pelo horário de Brasília.

O fenômeno El Niño deve atingir seu ponto máximo entre dezembro de 2023 e janeiro de 2024 e vai continuar tendo forte influência no Clima sobre o Brasil.

Na Região Sudeste, a chuva mais frequente e volumosa está prevista para o estado de São Paulo, Triângulo Mineiro, Sul de Minas e extremo sul do Rio de Janeiro.

A previsão também indica que as temperaturas que deverão ser acima da média em grande parte do País.

A chuva será frequente principalmente no oeste e no sul de São Paulo, na faixa de divisa com o Paraná, mas em geral provocadas também por calor e alta umidade.

As frentes frias vão atuar principalmente no sul, litoral e leste de São Paulo, causando maior variação térmica principalmente na primeira quinzena. As temperaturas tendem a ficar acima da média em todas as áreas Região Sudeste, mas estas regiões terão alguns períodos amenos intercalando com períodos de calor um pouco mais intenso por causa da passagem das frentes frias.

A chuva forte no fim da tarde e à noite pode causar problemas pontuais também no interior de São Paulo.

Em todas estas regiões, a chuva de dezembro será irregular e o mês deve terminar com acumulados abaixo da média em várias áreas.

Compartilhe!